Automóvel bateu com carreta na BR-116. Foto: Blog Marcos Frahm
Um jovem é suspeito de pegar o carro de um cliente de um lava jato e provocar um acidente com vítima fatal na BR-116, em Jaguaquara. Segundo informações, o jovem, de identidade ainda não revelada, pegou o carro Fiat Pálio de placa FAJ-2934, de propriedade de um comerciante da cidade e seguiu, no sábado (1º), na companhia de dois amigos, para a Rodovia BR-116. Ao tentar uma ultrapassagem no trecho do povoado do Tatu, próximo ao Entroncamento de Jaguaquara, acabou colidindo com uma carreta que seguia no sentido contrário da pista. 

Com o impacto da batida, um dos ocupantes do carro, o carona Adilson dos Anjos Almeida, que completaria 35 anos no próximo dia (12) de dezembro foi a óbito no local do acidente. O condutor e o outro colega que estava no carro foram socorridos com ferimentos ao hospital, segundo informou a Polícia Rodoviária Federal. Ainda conforme a polícia, os mesmos não faziam uso do cinto de segurança. Todos são moradores do bairro Casca, em Jaguaquara. O corpo de Adilson foi sepultado no domingo. 

O comerciante, que teria comprado o veículo recentemente, Valdemar de Almeida Borges, é quem revela a versão de que o carro foi deixado num lava jato, pelo dono anterior, e que o jovem atuava no local e diz que vai cobrar apuração por parte da polícia judiciária. Há também a informação de que o Fiat não foi deixado no posto, e sim em frente ao estabelecimento, com um suspeito que dizia ser funcionário. 

                                                      (*Conteúdo reproduzido do blog Marcos Frahm)