Três das dez cidades brasileiras com maior risco de doenças contraídas pelo mosquito Aedes Aegypti estão na Bahia. A informação foi divulgada nesta terça-feira (27) pelo Tribunal de Contas da União.  O TCU informou que, no processo de acompanhamento das ações do Ministério da Saúde para a prevenção, controle e combate ao mosquito Aedes Aegypti e às doenças por ele transmitidas, o TCU aponta que alguns municípios podem se encontrar em situação de maior risco. São citados: Rio de Janeiro, Itabuna (BA), Fortaleza (CE), Maceió (AL), Goiânia (GO), Cruzeta (RN), Guamaré (RN), Rafael Godeiro (RN), Itaju do Colônia (BA) e Jaguarari (BA). 

                                                                             *Com informações do CORREIO