Futura ministra da Agricultura,Tereza Cristina deu incentivos fiscais à JBS
Foto: Reprodução / EBC
A futura ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM-MS), concedeu incentivos fiscais ao grupo JBS na mesma época em que manteve uma “parceria pecuária” com a empresa, de acordo com a Folha de S. Paulo.

A democrata arrendava uma propriedade em Terenos, no Mato Grosso do Sul, aos irmãos Joesley e Wesley Batista para a criação de gado. Ao mesmo tempo, Tereza Cristina ocupava o cargo de secretária estadual de Desenvolvimento Agrário e Produção do estado.

Os documentos assinados pela deputada foram entregues pelos delatores da JBS em agosto de 2017 como complemento ao acordo de delação premiada fechada em maio entre os executivos da empresa com a PGR (Procuradoria-Geral da República) e homologada pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

                                                               (Fonte BN)