Ao reafirmar preocupação com a questão fiscal e financeira das contas do estado, onde somente o déficit previdenciário esse ano é de R$ 4 bilhões, o governador Rui Costa (PT) admitiu em reunião do Conselho Político na segunda-feira (19) que pode privatizar estatais. De acordo com o site BNews, um estudo já está sendo feito neste sentido para definir quais seriam as empresas que entrariam na linha de corte. 

Conforme declarações do próprio gestor, a partir de agora, para enfrentar o prolongamento da crise, precisará fazer alterações na estrutura do seu governo. “Para isso nós devemos enxugar um pouco a máquina do estado, vamos fazer mais ajustes para, inclusive, enfrentar o déficit previdenciário. A Bahia vai fechar esse ano com déficit de R$ 4 bilhões, que daria para fazer 40 hospitais metropolitanos a R$ 100 milhões”, reforçou Rui, justificando que a Bahia soma 22 mil pessoas aposentadas em quatro anos, o que seria um recorde absoluto. “Com isso, o que já era grave virou dramático”, sentenciou.

(Fonte Giro em Ipiaú)