GOVERNO BOLSONARO DEVE TER ELIANA CALMON NO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E MORO NO STF
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr/Montagem bahia.ba
O governo de Jair Bolsonaro (PSL) pensa em convidar o juiz Sérgio Moro, atualmente na Justiça Federal em Curitiba, ou Eliana Calmon, ex-ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), para ocupar o Ministério da Justiça a partir do próximo ano.  Presidente interino do PSL, o advogado Gustavo Bebianno foi sondado para a pasta, mas buscou afastar a possibilidade de ser ele próprio o indicado. Segundo ele, o quadro de ministros de Bolsonaro será composto por nomes técnicos e, por essa razão, Calmon e Moro são sondados.
“A previsão é que o ministério seja preenchido por uma pessoa de nome, como a [ex] ministra Eliana Calmon. O nome do juiz Sérgio Moro também se cogita [para o cargo]”, disse Bebianno ao jornal Folha de S.Paulo. Neste quadro, Calmon pode sair na frente para o ministério. O juiz Sérgio Moro é uma das indicações mais cotadas de Bolsonaro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). “[Moro] é um grande nome, seja onde for, na Justiça ou no STF”, afirmou Bebianno.
                                                                                       (Fonte Ubaitaba Urgente)