Bahia domina e goleia Vitória na Fonte Nova
Nada como uma goleada sobre o arquirrival para espantar a crise e fazer as pazes com a torcida. O Bahia atropelou o Vitória neste domingo (22), vencendo o clássico Ba-Vi por 4 a 1, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Zé Rafael e Vinícius balançaram as redes no primeiro tempo e na etapa complementar, Tiago e Gilberto marcaram para o Tricolor. Lucas diminuiu para o Leão também no segundo tempo. Com os três pontos, o Bahia chegou aos 16 e deixou a incômoda zona de rebaixamento. O Tricolor agora ocupa a 13ª colocação na tabela de classificação do certame nacional. Já o Vitória, caiu para a 14ª posição ao estacionar nos 15 pontos. O Bahia volta ao gramado na próxima quarta-feira (25), às 21h45, mas pela Copa Sul-americana. O Tricolor encara o Cerro, do Uruguai, novamente na Arena Fonte Nova, pelo jogo de ida da segunda fase do torneio. Já o compromisso do Vitória será no dia seguinte, só que pela 15ª rodada do Brasileirão. O Leão enfrenta o Sport, no Barradão, a partir das 19h30.
FICHA TÉCNICA
Bahia 4 x 1 Vitória
Campeonato Brasileiro - 14ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 22/07/2018 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ-FIFA)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Henrique Alves de Lima Filho (ambos do RJ)
Adicionais: Daniel Victor Costa Silva e Alexandre Vargas Tavares de Jesus (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Zé Rafael, Lucas Fonseca (Bahia) / Jeferson, Walter Bou, Arouca, Bryan, Luan (Vitória)
Cartão vermelho: Bryan (Vitória)
Gols: Zé Rafael, Vinícius, Tiago, Gilberto (Bahia) / Lucas (Vitória) 
Bahia: Anderson; Bruno, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore (Edson), Elton, Vinícius (Régis) e Zé Rafael; Gilberto e Edigar Junio (Marco Antônio). Técnico: Enderson Moreira. ////// Vitória: Elias; Jeferson (Lucas), Kanu, Aderllan e Bryan; Fillipe Soutto, Arouca e Erick; Luan, Neilton (Willian Farias) e Walter Bou (Yago). Técnico: Vagner Mancini.
                                                   (Fonte Voz da Bahia)