O presidente da Petrobras, Pedro Parente, anunciou na noite desta quarta-feira (23) a redução de 10% no diesel nas refinarias e disse que vai manter a redução por 15 dias. A redução representa menos R$ 0,26 no litro do diesel. "É uma medida de caráter excepcional. Não representa uma mudança de política de preço da empresa", disse Parente em entrevista coletiva. "São 15 dias para que o governo converse com os caminheiros." Ao justificar a decisão, Parente afirmou que "num momento como esse é importante que as partes tenham é reajam com boa vontade, como a Petrobras fez." Na terça-feira, Parente se reuniu em Brasília com os ministros da Fazenda, Eduardo Guardia, e de Minas e Energia, Moreira Franco, e garantiu que a política de reajustes dos preços de combustíveis da empresa não seria alterada. A subida do preço do combustível nas últimas semanas provocou uma série de manifestações no país. Caminhoneiros bloquearam diversas estradas. Nesta quarta-feira, a manifestação entrou no terceiro dia e alcançou 23 estados do país mais o Distrito Federal.