Gandu foi mais uma vez contemplado com uma importante ação do governo do estado. Desta vez o município vai receber a segunda etapa do Mutirão de Cirurgias Eletivas, da SESAB (Secretaria de Saúde da Bahia). O evento de lançamento ocorreu nesta terça (4) no auditório do Senai Cimatec, em Salvador, e contou com a participação do governador Rui Costa e da primeira-dama do estado Aline Peixoto, uma das idealizadoras da ação.
O prefeito do município Leonardo Cardoso e a diretora do Hospital João Batista Assis, Cauana Santos participaram do evento. A segunda etapa do mutirão vai beneficiar a população que necessita de procedimentos que não são emergenciais e podem ser agendados. Outra novidade da segunda etapa é a inclusão de cirurgias pediátricas, para pacientes de 4 a 13 anos. Nas crianças, serão executados procedimentos nas amígdalas, em casos de amigdalite com adenoide, e, ainda, hernioplastias e retossigmoidectomia.
O acesso de pacientes ao mutirão continuará através do Sistema de Gestão de Cirurgias Eletivas através da Lista Única. Os procedimentos serão disponibilizados para as pessoas que tenham o cadastro completo com indicação de cirurgias de hérnias inguinal, umbilical e epigástrica, vesícula (colecistectomia), histerectomia total para pacientes de 14 a 65 anos, além dos novos procedimentos que foram incluídos nessa nova etapa.


A SESAB mobilizará os municípios para atualizarem o cadastro dos pacientes que atendam aos critérios do mutirão. Após o cadastramento, a Secretaria informará os locais e datas de instalação das unidades móveis, que vão percorrer os municípios. Dentro dos veículos, a população passa por exames de raio-x, ultrassonografia e eletrocardiograma, seguido de consulta com o médico. Uma vez que tudo está correto com os pré-requisitos, o paciente passa pela cirurgia em um hospital da cidade. A data em que Gandu receberá o mutirão deve ser anunciada nos próximos dias.
                                                                                                      ASCOM/Prefeitura de Gandu.