Imagem relacionada
Dia de São RoqueA data é uma comemoração tradicional entre a comunidade cristã católica, homenageando o santo que é considerado padroeiro dos inválidos e cirurgiões, além de ser o protetor contra a peste e demais epidemias.
Nascido em uma família rica e nobre, São Roque viveu no século XIII, na cidade francesa de Montpellier. Quando ficou órfão, teria distribuído toda a sua herança entre os podres e vivido como um peregrino andarilho.
São Roque viveu durante o terrível período da peste negra, na Europa, que teria devastado metade da população da época.
O andarilho se dedicou a curar e cuidar dos inúmeros doentes, passando pelas aldeias e levando a palavra de Deus para os enfermos.
São Roque morreu em 16 de agosto de 1327, na prisão por ter sido confundido com um espião. De acordo com a lenda, o carcereiro, que era manco de nascença, quando tocou no pé de São Roque para confirmar a sua morte, teria se curado imediatamente e começado a andar normalmente.

Dia de São Roque na Umbanda

No Candomblé e Umbanda, São Roque é sincretizado na figura do orixá Obaluaiê ou Omolu, responsável pela cura de doenças infectocontagiosas.

Oração a Obaluaiê / Omolu

“Casinha branca, casinha branca que eu mandei fazer para oferecer a meu pai Omolu, meu pai Omolu, seu Atotô Obaluaiê. Oi salve Mamãe Oxum! Saluba Nana Buruquê! Salve Atotô Olabuaiê…”

Oração de São Roque

“São Roque, que soubestes levar com fidelidade a sublime missão que lhe foi confiada, a mais nobre entre todas – a santa Caridade -, que operastes milagres de cura por intercessão de Nosso Senhor Jesus Cristo e tanto padecestes em dor física e moral pelas injustiças dos homens, rogamos-vos vossa proteção sobre todos os que estão neste momento sofrendo. Concedei-nos também este coração cheio de misericórdia que tivestes, para que, por esta virtude, possamos também nós alcançar a terna misericórdia de nosso Pai Celestial. Por Cristo Nosso Senhor. Amém".