O ex-jogador será ouvido no próximo sábado (22).
(Foto: Reprodução/Whtaspp)

O ex-jogador Liedson ficou abalado e não teve condições de prestar depoimento até esta quarta-feira (19), após ter se envolvido em um acidente que deixou uma mulher morta na BA-887, de acordo com o delegado titular da 5ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Valença), José Raimundo. O inquérito policial foi aberto, e a polícia ainda ouvirá testemunhas para esclarecer o que causou a batida. O ex-jogador será ouvido pelo delegado Rafael Magalhães no próximo sábado (22). Segundo a polícia, o ex-jogador teve ferimentos leves após o carro dele colidir de frente com o veículo da vítima, identificada como Viviane Magalhães Andrade, de 34 anos, natural de Salvador.

Mulher estava em um carro modelo Ford KA 
acompanhada do marido 
(Foto: Reprodução/Whatsapp)

Liedson estava acompanhado da esposa no momento do acidente. Testemunhas informaram à polícia, no local da batida, que Viviane teria feito uma manobra imprudente ao cruzar em uma rotatória, e bateu com o veículo de Liedson, que estava na faixa preferencial. A polícia informou ainda que o ex-jogador passou por exame toxicológico e não tinha ingerido bebida alcoólica. Conforme a polícia, Liedson prestou socorro à vítima e chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Viviane foi socorrida para a Santa Casa de Misericórdia de Valença, onde não resistiu aos ferimentos. A mulher estava no carro acompanhada do marido no momento da colisão.


                        (*Com informações do G1)