Novas ambulâncias entregues ontem no estacionamento da Governadoria (CAB) - Foto: Manu Dias l Gov-BA
O governo estadual entregou nesta terça-feira, 13, 55 ambulâncias para 55 municípios baianos, 46 veículos para a Superintendência de Vigilância e Proteção à Saúde (Suvisa) e dois Hemóveis (unidades para coleta de doações de sangue) para a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba).
O reforço dos veículos entregues à Suvisa visa fortalecer o sistema de vigilância sanitária, laboratórios de referência e os nove Núcleos de Saúde da Bahia.
Segundo o governo, os 103 veículos representam um investimento superior a R$ 11,4 milhões. O estado informou já ter entregue 178 ambulâncias em 2017, além de haver outras 106 encomendadas.
O governador Rui Costa participou da solenidade de entrega das ambulâncias aos prefeitos, no estacionamento da Governadoria, no Centro Administrativo. “Isso vai melhorar a vida e dar dignidade aos pacientes que precisam de locomoção”, disse o governador. “É um veículo novo para cada Núcleo de Saúde do interior, para viabilizar, facilitar e melhorar a assistência do estado, da Coordenação Regional com cada unidade municipal”, completou.
Hemoba
Cada unidade móvel da Fundação Hemoba tem capacidade para armazenar 220 bolsas de sangue, além de uma estrutura adaptada para acolhimento do doador, triagem clínica, bem como mobiliários, equipamentos e utensílios necessários para seleção hematológica.
“Essas unidades móveis representam uma parcela importante da nossa coleta, na capital, em torno de 20% do que é coletado, e isso vai reforçar o estoque de sangue para o atendimento de toda a população”, declarou o diretor-geral da Hemoba, Marinho Marques.
As picapes entregues à Suvisa farão o trabalho do órgão nas ruas da capital e do interior. “A nova frota vai viabilizar o trabalho da vigilância sanitária. Cerca de 90% do trabalho é feito na rua, extramuros, fora da instituição”, explica a superintendente Rívia Barros.
Prefeito
O prefeito de Retirolândia (a 230 km de Salvador), Vonte do Merim, comemorou a entrega: “Pegamos uma administração com três ambulâncias quebradas. Conseguimos dar um paliativo, mas essa ambulância nova vai ajudar demais o nosso município”.
                                               
                                                   (Fonte A TARDE)